quarta-feira, 18 de julho de 2012

Cinema Paradiso

 Numa pequena cidade da Sicília o pequeno Salvotore (mesmo nome do meu bisavô rs...), mais conhecido como Totó começa uma sincera amizade com Alfredo o operador do único cinema e também a única fonte de passatempo da cidade. Cinema Paradiso, como é chamado o pequeno cinema, é o palco da mudanças dos anos na vida de Totó. Naquele cinema se desenrola dramas, acidentes, amores, desilusões e novas descobertas que mudam em certo grau todos os moradores de lá. 
 Gosto desse filme porque ao mesmo tempo que retrata sem pudor a realidade de uma sociedade corrompida e machada pela guerra ele  também traz aqueles momentos leves, românticos e descontraídos tão característicos dos filmes em geral. Você acaba percebendo que a vida real também tem lá seus pedacinhos que lembram encenações de filmes. 
 Sempre me divirto com aquele padre engraçado que assistia a todos os filmes antes de serem abertos ao público só para cortar as partes "pornográficas". Quando um casal se beijava ele tocava um sininho para o Alfredo marcar no rolo do filme que era preciso cortar aquela parte, não era permitido ver beijos, olha só! E depois de alguns anos quando o público foi ao delírio ao ver pela primeira vez um casal se beijando na tela? É muito engraçado. 
 Todos os personagens são tão bizarros e engraçados, mas o louco que pensa ser dono da praça ganha em disparada. O coitado é tão doidinho, mas ao mesmo tempo tão engraçado por ser assim. Que acabou me conquistando, pode parecer estranho mas ele se tornou um dos meus personagens favoritos. 
  E quando Totó se apaixona pela primeira vez por Elena e recebe um fora dela? O pobre enamorado decidi ir todas as noites até a janela do quarto dela, combinaram que se um dia ela se apaixonasse por ele abriria a janela, esse era o sinal de sua aceitação. O coitado ficou plantado lá durante um ano inteiro, enfrentando chuva frio que fosse e ela nunca abria aquela maldita janela, eu fiquei na agonia por causa dele. Mas devo concordar que a persistência acaba funcionando, e a Elena que não é boba nem nada acaba se entregando ao amor do rapaz. 
 O final do filme é emocionante quando Totó já maduro e agora um cineasta famoso volta ao velho e abandonado Cinema Paradiso, mas não vou contar essa parte, seria estragar a magia de tudo. Quem já assistiu, sabe do que estou falando.
 E se você ainda não viu, fica a dica, é um bom filme para você ver nessas férias. 



4 comentários:

  1. não vi ainda, mas vou baixar! thanks pela dica S2

    ResponderExcluir
  2. Fiquei curiosa para assistir o filme, parece fantástico!!!

    ResponderExcluir
  3. Fiz um curso de cinema aplicado à educação na faculdade (estudo pedagogia), assisti vários filmes, mas não assisti "Cinema Paradiso", mas assisti "A Noite Americana" do Truffaut, ele conta os bastidores do cinema, é muito bom e tem uma pegada parecida com o Paradiso (ao que me parece pelo post, eu nunca assisti o filme). Se for assistir espero que goste da recomendação (:

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela dica, vou dar uma olhada ;)

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.
Só avisando que responderei a todos os comentários aqui mesmo.
E se você quiser que eu visite o seu blog, por favor avise.