quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Impressionismo, Paris e a Modernidade



Ahá! Não querendo fazer invejinha mas eu fui na exposição Impressionista, aquela que eu havia comentado nesse post. Foi muito legal, pude ver ao vivo os quadros que eu só via nos livros de arte da minha mãe. 


La Boheme. by Charles Aznavour on Grooveshark

a chuva caia melancolicamente
São Paulo e suas luzes
Chuva e fim de tarde em São Paulo é tão melancólico. Tirando a parte do trânsito parado e dos bueiros entupidos é uma paisagem legal de curtir, melhor dentro do carro do que fora, mas enfim...
prédio

A exposição aconteceu no Centro Cultural Banco do Brasil, nunca tinha ido no CCBB e fiquei encantada com o prédio, muito lindo. O lugar estava lotado, tinha uma fila enorme para a exposição, falo sério, tinha gente do lado de fora esperando na chuva! A sorte é que estávamos com a bebê então passamos para a fila preferencial.
CCBB 1


CCBB 2
A exposição tinha foco nos artistas e nas imagens da capital francesa. O cotidiano, cidadãos e paisagens da França estavam por toda parte. 
O lugar estava todo na vibe parisiense. Música ambiente com cantores franceses com aqueles das antigas, no café os funcionários usavam as boinas tão características dos pintores franceses e a livraria estava abarrotada de livros de arte.



Minha mania de fotografar e me apaixonar por estranhos. Não consigo controlar essa curiosidade, fico analisando e imaginando histórias para cada um deles. E quando eles estão distraídos o bastante, porque sempre estão, eu fotografo essas pessoas que provavelmente nunca mais verei.


A exposição funcionou por andares, em cada andar havia uma sala com uma porção de quadros e depois era necessário descer escadas e seguir as setas impressionistas, para chegar à próxima leva. Ótimo, arte e exercício físico, juntei algo que gosto muito com aquilo, que bem, eu não sou tão adepta assim.

Infelizmente não pude fotografar as salas da exposição, nem sem flash aqueles guardas mal encarados me deixaram. Então vou ficar devendo as fotos das obras. Fotografei as entradas das salas e ambiente de alguns lugares.






Treinando meu inglês, hahaha. Essa foi a primeira exposição da Eliza, ela estava tão empolgada, sempre comentava os quadros de paisagens e que tinham crianças, foi lindo ver minha pequena curtindo aquilo tudo.


Os antigos cofres do banco. E qual a razão de eu estar enfaixada em uma das pernas? A resposta para minha nova cicatriz e experiência cortante está neste post. Cara, pareço estar grávida nessa foto, tô gordinha hein...
E foi isso. Pode parecer besteira para alguns, mas para mim foi muito importante ter visto aquelas obras de perto. Os impressionistas foram pintores inovadores, que buscavam uma nova abordagem para a pintura. Eles se libertaram da escola clássica e começaram a fazer experimentos por si próprios, retrataram o cotidiano e as pessoas marginalizadas. Não havia um estilo único ou temas, eles queriam apenas pintar temas modernos da maneira como os percebiam. Eles são uma grande inspiração, não que eu seja uma pintora, mas essa coisa de fazer arte como a percebo me acompanha. Não tem certo ou errado, há maneiras diferentes de interpretar e sentir, não só a arte como também a vida.


5 comentários:

  1. Maravilhoso, sweatheart.
    Amei o post. Aqui em Porto Alegre temos o Centro Cultural Santander, hehe. E também tem um cofre, só que o cofre é um mini-cinema. Adoro! Esses lugares são realmente lindos. Além de ter a aparência clássica e antiga, muitas vezes possuem exposições modernas. Uma exposição como essa que tu foi eu nunca vi por aqui, deve ser impressionante, hehe (faz de conta que eu não fiz essa piada).

    Amei tuas fotos também, tens um dom incrível moça. Parabéns.

    Xoxos, Wonka

    ResponderExcluir
  2. Sair de casa as vezes é bom, quando é para vê uma exposição de arte fica muito bom e quando é relacionada a Paris fica ótimo. Beijos
    http://blogpensando-alto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Fiquei sabendo dessa exposição, deve ter sido linda mesmo. \*-*/ Mas também soube que a fila de espera para entrar estava enorme, em torno de 3h30, é verdade?

    Suas fotos ficaram maravilhosas. :)

    ResponderExcluir
  4. que legal essa exposição, queria muito poder ir, pois amo tudo que é relacionado a Paris *-*, mas infelizmente moro longe :(
    as fotos ficaram lindas!

    ResponderExcluir
  5. Eu amo exposições *.*

    Queria ter prestigiado essa ai :P ♥

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.
Só avisando que responderei a todos os comentários aqui mesmo.
E se você quiser que eu visite o seu blog, por favor avise.