segunda-feira, 1 de outubro de 2012

The Help

 Na década de 60 no interior do Mississipi uma jovem jornalista decidi escrever um livro relatando os mal-tratados sofridos por domésticas negras, causando um imenso tumulto em sua cidade. Skeeter com a ajuda  de Aibileen não apenas escreve um livro, sua iniciativa e coragem causam uma mudança nos habitantes da cidade e segredos começam a vir a público mostrando que não importa a sua cor, todos nós somos seres muitos amados e importantes. E que o preconceito não leva a nada, apenas a auto-destruição de quem guarda tanto ódio no coração.
O que eu mais gostei do filme foi a lição que Aibileen ensina; mesmo sendo mal-tratada e humilhada ela pedia a Deus paciência e ajuda para amar o seu inimigo. E em nenhum momento ela retrucava as palavras ríspidas proferidas por bocas de brancos. 
Um filme muito legal para fazer uma auto-análise, apesar de não mais existir, na teoria, essa separação de raças é sempre bom analisar como tratamos as pessoas, e buscar melhorar a onde falhamos.



3 comentários:

  1. Ah! eu estou doidinha para ver esse filme :)
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Li o livro e assisti o filme e posso dizer, ainda ha muita separacao de racas.
    Infelizmente.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.
Só avisando que responderei a todos os comentários aqui mesmo.
E se você quiser que eu visite o seu blog, por favor avise.