quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Sendo uma mulher de verdade


"Sou uma pessoa desajeitada e não tenho postura alguma. Minha irmã, e principalmente minha mãe acabam comigo por causa disso. Dizem que eu sou um "macho", que não sei ser feminina, que pareço o corcunda de Notre Dame, que pau que nasce torto não desentorta e que eu podia tentar ser mais bonita. Tudo bem, é tudo verdade, mas me machucam. Eu sei, eu sei... 
Preciso de auto estima, mas para isso, quero mudar também. Quem sabe você possa me ajudar. Ah, sei lá! Me mostrar como ser mais feminina, em todos os aspectos, ou menos desengonçada. Não me encaixo em lugar nenhum e certamente há algum problema comigo. Preciso renovar tudo, isso de maneira significativa, é de dentro para fora, também de fora para dentro. Por favor, me ajude a conseguir ser uma mulherzinha, que seja..." -  Desabafo de uma garota anônima

Olá garota desajeitada! Bem, eu poderia te ensinar regrinhas chatas de etiqueta, se ao menos eu soubesse alguma, ou quem sabe te mostrar como se vestir, seu eu achasse que isso faria alguma diferença na sua vida. Eu poderia listar milhões de coisas para você fazer, mas eu acho isso tão superficial. Você é uma mulher, real e muito importante, não precisa querer ser como as demais para provar isso aos outros. Quando você disse que precisava se renovar de dentro para fora eu concordei, mudanças sempre são bem-vindas, ainda mais quando são por uma boa causa. Mas não acho que seguir padrõezinhos vai te fazer mais feliz.
Quando li sua mensagem lembrei muito de uma mulher, que para mim é um baita de um exemplo, ela não era como as outras. Era pequena meio corcunda, magrinha e usava roupas muito humildes. Não gastava dinheiro com cremes anti-sinais e muito menos correndo atrás de luxo e futilidades, ela se dedicava totalmente aos pobres, doentes e necessitados de amor. Por vezes negou aos próprios desejos e confortos para dar aos que precisavam. Essa mulher não ficou conhecida por ter seu rosto em campanhas publicitárias, seu corpo vendido para desfiles ou pelas boas maneiras nas festas da alta sociedade, mas deixou sua marca por ter dedicado uma vida de amor e cuidados aos desamparados.
Você pode estar pensando "mas oquê isso tem a ver com o meu desabafo?" Então garota desajeitada, você pediu para eu te ajudar a ser uma "mulherzinha" e eu não quero que você seja só mais uma bonitinha, quero que você seja uma mulher de verdade. Uma mulher com ideais, sonhos e com motivações para transformar sua vida e a de outros. Quero que você tenha alvos maiores do que apenas comprar um novo tênis ou ser a sensação do colégio. Quero que você diga a sua mãe e irmã com todo o respeito que a vida é sua, essa é sua maneira de ser, que você tem ideais maiores do que esses e que você vai batalhar por eles.
As pessoas vão notar a diferença, vão sentir algo a mais na sua personalidade, você vai brilhar sem precisar de holofotes dos outros, você terá sua própria luz. Uma coisa eu aprendi com o tempo, não importa o quanto as pessoas comentem e critiquem, você consegue suportar tudo e continuar seguindo com seus sonhos.
Eu não sei se você quer mudar as suas roupas, se quer emagrecer, ter uma postura melhor, ajeitar o cabelo enfim... Se você quer então corra atrás dessas mudanças, mas faça isso só se você realmente quiser. Eu me visto como visto, uso o que uso porque eu quero e se um dia eu quiser me vestir como um homem e parar de usar maquiagem eu vou fazer.
Lembre que há coisas mais importantes do que o comer, vestir e ganhar, Madre Teresa mostrou isso ao mundo. Eu quero ser uma mulher como ela, como Joana D´arc, Anne Frank, Jane Austen, Marie Curie entre tantas outras que foram mulheres originais, empreendedoras e sonhadoras. Cheias de defeitos mas com uma paixão interna tão grande que as motivaram a mudar o mundo.
Que a sua vida seja linda e repleta de amor.

Quer desabafar também? Entre aqui e deixe sua mensagem.

6 comentários:

  1. Uau texto mais que bom! ótimo!! Acho que depois que percebomos o real valo das coisas e percebemos quão efemero são certas coisas, nos tornamos mais consciente e felizes...
    Tbm admiro mto essas mulheres que citou,mas confesso que Anais Nin pra mim foi uma mulher maravilhosa e original de mais, embora vc nao tenha a citado.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Só passei aqui para te dizer que você escreve e dá conselhos como ninguém. <3
    Com amor,
    Uma leitora

    ResponderExcluir
  3. assista ao documentário hell's angel de christopher hitchens. bj.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. HADASSAH mew vc é simplesmente "grande" em talento garota!!
    sou uma leitora diária!!!
    te admiro mto viu rssr

    xoxo

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.
Só avisando que responderei a todos os comentários aqui mesmo.
E se você quiser que eu visite o seu blog, por favor avise.