sábado, 2 de fevereiro de 2013

Conhecendo Qorikancha e Saqsaywaman (City Tour Parte I)

No segundo dia de estadia em Cusco nossa manhã foi reservada para andar pela cidade e procurar algo para comer no mercado local. De tarde nos dirigimos para a Plaza de Armas para encontrar nosso grupo do City Tour. 
A guia do grupo se chama Lili. Uma mulher baixinha que andava com uma bandeirinha laranja para sinalizar e manter o grupo unido, e que tinha uma paixão enorme pelo seu trabalho e cidade. Ela era tão dedicada ao trabalho que não parava de falar um minuto se quer, respondendo a todas as dúvidas e incitando os turistas a questionarem e se interessarem pelas ruínas e templos.

1° Parada: Qorikancha
Nossa primeira parada foi no convento de Qorikancha que fica bem no coração da cidade. Esse convento foi construído sobre alicerces de um antigo templo Inca. Os espanhóis, por ordem de Francisco Pizarro, destruíram quase todos os templos pagãos e sobre cada um deles levantavam uma igreja católica. Essa era uma das maneiras do conquistador de subjugar o povo e inserir seus costumes. 
Ainda bem que uma parte do templo Inca restou no convento. Esse templo Sagrado era dedicado aos deuses do Incanato (que é o estado Inca). Esses deuses eram: o Sol, a Lua, as Estrelas, o Relâmpago, a Água e o Arco-Íris. Qorikancha significa "cercado de ouro" e era nesse templo que ocorriam os cultos, oferendas e sacrifícios ao deus Sol. 
Toda a construção das paredes do templo eram de pedras polidas perfeitamente unidas dando ao conjunto perfeita harmonia. 
q32
No convento há um museu com obras de artistas sacros de Cusco e outros que retrataram a história da conquista da cidade. Mas é proibido fotografar, uma pena. Mas há esse grande painel que retrata de maneira estilizada as divindades do Incanato. 
Numa das saídas é possível ver as grandes paredes do convento e também aproveitar um pouco da vista da cidade e dos jardins. 
Em baixo desse gramado verdinho está localizado o Museo de Sitio Del Qorikancha. Nele é possível ver algumas das múmias Incas e conhecer um pouco sobre a cultura e religião dos antigos. 
Qoricancha Templo del sol
(Ps: não sei o que me deu na cabeça de esquecer de fotografar a fachada do convento, então peguei essa do google só para vocês entenderem como é)

2° Parada: Sítio Arqueológico de Saqsaywaman
A 2 Km de Cusco. Está localizada uma das maiores construções Incas formada por três séries de blocos de pedras unidas com total perfeição com intuito de proteger a cidade contra invasores. A pedra mais pesada chega a 70 toneladas. Foi construído nos reinados de Inka Yupanqui e Wayna Qhepaq. Parte dele foi destruído pelos conquistadores para ali construírem casas e templos espanhóis. 
Saqsaywaman está composto por quatro setores, formando no centro La Plaza Chuquipampa. E é nessa parte plana e cercada pelos muros de pedras que acontece anualmente uma festa a onde é dramatizado o sacrifício de uma Ilama negra e perfeita. O "sacerdote" retira as tripas do animal ainda vivo e nelas lê o futuro da cidade e de mais um ano. Seguido de danças típicas. Toda a população pode participar. Essa é uma maneira de manter vivas as tradições.  
Lili tentando chamar a atenção de alguns turistas desgarrados, hahaha. 
q30
q33
q31
q29
q35
A única coisa ruim é que depois de ouvir todas as explicações de Lili só restou 10 minutos para subir até o mirante e observar a cidade. Nesses City Tours tudo é meio corrido e sempre tem fila de turistas para fotografar nas partes mais legais das construções. 
Quando dei por mim Lili já estava nos chamado: "Lili Group!". Mas já? Nem deu para sentir direito a atmosfera do local. Mas tudo bem, ainda havia outros lugares para visitar antes que a chuva chegasse. E essa outra parte da viagem eu mostro no próximo post. 




9 comentários:

  1. Gente, eu simplesmente amei esse cabelo, hahahaha. Mas sério mesmo, achei a trança com o rabo de cavalo tão lindo juntos, e com as pontas coloridas deu toque mais perfeito ainda, ahahha. Pergunta que muitas já devem ter feito: como tu pinta as pontas do teu cabelo? Procurei mas não nenhum post, então não sei! Palmas pelo blog, essas fotos que inspiram e tudo de bom pra ti (: Mil beijos, hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha o mais engraçado é que fiz esse penteado meio que no escuro. Meu cabelo tava mega sujo e eu precisava de uma solução rápida para sair logo para o city tour. Mas que bom que vc gostou.

      Então, tem um post sim. É esse aqui http://hadassahsorvillo.blogspot.com.br/2012/07/como-fazer-e-manter-um-dip-dye-hair.html
      qualquer outra dúvida me avisa

      Obrigada pelo comentário
      bjss

      Excluir
    2. Gente, mas que fofura, hahaha. Obrigada, mesmo! Cara parabéns! Quando estou nessas situações eu apenas prendo, faço um coque, ahahha, mas agora, aprendi! Parabéns, ótimo blog! Muito obrigada (: Beijinhos

      Excluir
  2. Eu também amei esse cabelo!! Como você deixa ele ondulado assim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dependendo do dia, hahahaha. Tem dia que ele colabora, mas não é sempre.
      Meu cabelo é cacheado, mas como tenho franja vivo fazendo chapinha nela.
      O mais fácil para mim e fazer chapinha só na franja e depois um coque alto com creme para pentear, depois de alguns minutos eu solto aí ele fica ondulado. Funciona a maior parte das vezes. Tenta lá

      bjss

      Excluir
  3. Que sonho conhecer um lugar assim! Você poderia fazer um post com sugestão de roteiro para conhecer o Peru, o quanto de dinheiro juntar e bons lugares para se hospedar, o que acha?

    ResponderExcluir
  4. Que maravilhoso!!
    As fotos estão incríveis... que vontade de conhecer pessoalmente (:

    ResponderExcluir
  5. Poder viajar é umas das maiores riquezas para mim.
    :]
    um sonho!

    Blog Raphaela Lopes

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.
Só avisando que responderei a todos os comentários aqui mesmo.
E se você quiser que eu visite o seu blog, por favor avise.