quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

We´ve changed Honey Boo

Acordei hoje no maior desânimo, sabe aqueles dias em que você tem vontade de simplesmente dormir para sempre? Abri minha caixa de email para começar as atividades. Pouca coisa interessante. Na verdade nada interessante. 
Felizmente um e-mail fez eu ganhar o dia e me deu um motivo para sorrir. Queria agradecer a Tábita por ter completado o meu dia com poesia e com bons sentimentos. Por ter me lembrado que café com canela é a melhor bebida do mundo, e que eu sou uma sortuda por viver só para beber essa gostosura quente. 
O mais legal é que a gente nunca tinha se falado, nós nem nos conhecemos pessoalmente (eu acho rs). Mas mesmo assim ela lembrou de mim e escreveu algo tão doce. É uma alegria saber que ainda existe pessoas maravilhosas nesse mundo. Obrigada.

Agora chega de blábláblá, deixo vocês com a Tábita e sua dica maravilhosa. 

"Eu não sei se é por aqui que se deve enviar um elogio e um mimo. Eu procurei teu email e não achei, talvez eu não procurei direito. É, pode ser muito bem isso.


Eu nunca enviei um email pra alguém assim e é tão bom, até é como se estivesse mandando uma carta, um pouco mais digital e sem toda aquela magia, mas vale mesmo assim.
Eu também tenho medo de estragar o encanto das coisas me aproximando, mas aqui estou. 



Vou ser breve por que estou com uma dor de dente que está me impedindo de escrever coisas bonitas pra ti. É que a doutora aplicou a anestesia errada e ainda não fez as coisas muito certas no meu dente, que coisa. Mas você não quer saber dos meus problemas dentários.
Quer saber o porquê eu vim aqui né? Tá, tá, tá..



Vim te trazer esses poemas. Esse sotaque dela é maravilhoso. Eu achei que você merecia ouvir. Não sei se é do teu gosto, mas espero que goste. É de toda intenção. O nome da autora é Matilde Campilho, ela nasceu em Lisboa mas veio pro Brasil, foi morar no Rio. 


"Quem briga com bicho, perde" Eu também tentava assoviar mais alto que os pássaros quando era pequena, na chácara do meu avô. Tua infância me lembra a minha, aliás. Eu tinha certeza que os pássaros me entendiam e que eles me respondiam. E era verdade mesmo. Ainda é.



(eu queria ficar citando as partes que eu mais gosto, mas... mas... ia recitar o poema todo, de todos os dela)

Um beijo, Hady!
Com carinho e cheiro de café e canela (para ver se cura a dor de dente, café cura tudo)
Tábita.!"




honeypaper

PS: Gostei tanto do vídeo do Honey Boo que fui procurar mais sobre o poema. Encontrei esses quadrinhos. Pena que não achei de todos os versos.

PS2: Se alguém quiser me mandar alguma dica, compartilhar algo legal, ou simplesmente escrever uma "carta digital" pode escrever pela minha página de Contato. Ficarei feliz em ler. E quem sabe, assim como a Tábita, você não aparece no blog? 


7 comentários:

  1. Que bonito! Receber coisas boas inesperadas e ver que ainda há pessoas assim.
    Gostei ♥

    ResponderExcluir
  2. Awn, bem bacana isso, mas como sou uma pessoa apaixonada por cartas não sei se me daria tão bem escrevendo emails.
    Bjus ;*

    ResponderExcluir
  3. Ahhhhh! Acordei com uma dor de garganta, de cama e sem conseguir falar, mas tu me fez sorrir um monte aqui! Nunca imaginei que ia vir parar no blog. HEUEHUH

    Fico feliz que tenha gostado, Hady! Muito. E adorei os quadrinhos.
    Um beijo pra ti, sua bonita!

    ResponderExcluir
  4. Que coisa linda. É muito bom receber coisas assim por e-mail, né? Muito bom saber que ainda tem pessoas como a Tábita que, mesmo com sua dor de dente, fez o dia de alguém melhor. <333
    Beijão, Unsaid Things

    ResponderExcluir
  5. Os versos todos, a revistinha completa: http://issuu.com/odyr/docs/honeyboo

    Matilde é uma das coisas mais incríveis que já me aconteceram aos ouvidos.

    ResponderExcluir
  6. Essa tal de Matilde tem namorado?

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.
Só avisando que responderei a todos os comentários aqui mesmo.
E se você quiser que eu visite o seu blog, por favor avise.