sábado, 27 de julho de 2013

Filme: Frida

Frida Kahlo foi uma das mais importantes figuras da arte mundial do século XX. Com um estilo muito próprio que se assemelhava ao Surrealismo a pintora mexicana negava-se a pertencer a esse classe, ela dizia que não pintava sonhos, mas sua própria realidade. Com uma intensidade sobrenatural Frida destacou em seus quadros as cores fortes e vivas, temas de seu próprio cotidiano (tanto que na maioria dos quadros ela retrata a si mesma), além disso, ela resgatou a cultura asteca e a arte indígena mexicana, aproximou-se do folclore de seu país revelando movimentos artísticos de vanguarda.
No filme baseado em seu diário pessoal a história de Frida é principalmente retratada a partir de sua maior paixão, Diego Rivera. Frida, interpretada por Selma Hayek, é uma jovem pintora determinada que procura Diego a fim de ele dar algumas críticas sobre suas obras. A partir daí uma forte amizade é formada transformando-se no mais intenso, trágico e polêmico caso de amor da história da arte.
O filme como um todo é uma grande surpresa, vencedor do Oscar de melhor trilha sonora e melhor figurino, Frida é inspirador. Biograficamente falando há algumas falhas, mas mesmo assim continua muito bom. Vale à pena dar uma olhada para conhecer um pouco mais da cultura, arte, história e paixões dessa pintora que conquistou o mundo com sua autenticidade e intensidade. 

2 comentários:

  1. Sou loucamente apaixonada pela Frida Kahlo <3
    Esse filme é ótimo para aprender um pouco sobre sua historia e a Salma está incrível no papel!

    Beijobeijo

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.
Só avisando que responderei a todos os comentários aqui mesmo.
E se você quiser que eu visite o seu blog, por favor avise.