domingo, 23 de fevereiro de 2014

Resenha: A Metamorfose

Ler ou não ler Kafka? Essa foi uma dúvida constante durante um bom tempo. Eu não tinha nada a perder, mas também não sabia se ia valer à pena já que Frazn Kafka não é um daqueles autores que você compra o livro, lê na maior facilidade e depois fica comentando com as amigas como a história é bonitinha. Dúvida cruel!
Acabei morando com uma menina (a Gabi) que tinha lido o livro. Pedi algumas informações e a percepção dela sobre a leitura. Ela falou que era muito legal, mas que também não era tão fácil de ler, e depois acrescentou que eu não precisava ler só porque estava ficando "bacaninha" ler Kafka. Fiquei com isso na cabeça. Eu não queria bancar a "bacaninha" ou alternativa, é que Kafka sempre me chamou a atenção pelo simples fato que ele foi um baita de um autor, escreveu clássicos aclamados por gerações! Eu queria acrescentar seu nome na minha lista de grandes autores. Então decidi experimentar. Resultado? Me vi metamorfoseada!

SINOPSE
"A Metamorfose" é a mais célebre novela de Franz Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura. Sem rodeios, bem ao estilo kafkiano, a história começa com a transformação de Gregor Samsa em um inseto monstruoso. "Quando certa manhã Gregor Samsa acordou de sonhos intranquilos, encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso." A partir daí a transformação de Gregor é narrada com um realismo inesperado que associa o inverossímil e o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana. 

MINHA OPINIÃO
Me dá até um certo receio palpitar sobre o livro, considerando que ele é um baita de um clássico, e claro seus significados vão bem além apenas do que está escrito, mas enfim... A Metamorfose foi uma leitura um tanto quanto diferente, começando pelo estilo de escrita. Kakfa é conhecido por escrever em geral uma sequências de fatos aparentemente banais e, ao mesmo tempo, perfeitamente esquivos a qualquer tipo de explicação. 
Gregor mora com a família (pai, mãe e irmã) em um apartamento. Filho mais velho e também provedor da família ao se ver transformado em um inseto torna-se um peso para todos. Ao longo da narrativa é possível acompanhar os esforços de sua família em acompanhar essa mudança e entender o que está acontecendo, ao mesmo tempo que analisamos como cada um deles reage a tal transformação. Do outro lado há Gregor e sua consciência tragada por um corpo estranho, ele é um humano, ainda pensa como humano, mas suas reações e preferências passam a ser de um inseto. Um corpo antinatural, uma nova realidade, deslocado de seu cotidiano Gregor se vê um estorvo para a família. O que coloca em questão: até que ponto você é necessário na sociedade?
Eu gostei muito da história, e o final é uma eterna interrogação. O próprio Kafka disse que o final era inlegível. Mas mesmo assim, eu gostei. A Metamorfose tem um tom autobiográfico, sarcástico e foi escrita de forma precisa e até fria, sem muitos rodeios. Mesmo não sendo um livro que espalharei por aí com os dizeres "ah, achei tão lindo!", Kafka foi uma experiência transcendental, um novo estilo de narrativa e pensamento. 


Especificações do livro 
Título Original: Die Verwandlung
Autor: Franz Kafka
Tradutor: Modesto Carone
Editora: Companhia das Letras
ISBN: 978-85-7164-685-8
Ano de Edição: 2009
Ano Original de lançamento: - 
N° de páginas: 96

4 comentários:

  1. Metamorfose está na minha lista de livros a serem livros, ainda não tive a oportunidade.
    Pela sua resenha fiquei com mais vontade de ler, acho sempre enriquecedor experimentar algo diferente do que estamos habituados, e pelo que vc mostrou essa leitura é assim.

    ResponderExcluir
  2. lí esse livro faz muuuuuito tempo, por indicação de um professor! Gostei muito da resenha e de relembrar e acho que tenho que ler de novo, já que não me lembro de muita coisa dele!! Beijos!

    www.diasinspiradores.com.br

    ResponderExcluir
  3. Hady. Você escreve muito muito muito bem. Dá até uma certa inveja (boa claro!). Gostei da sua resenha sobre o livro. Já tinha lido antes, mas formei uma opinião contrária da sua.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Ain, ainda estou naquela fase de ler livrinhos de romances, o dia que eu entender que consigo ler livros de difícil leitura com certeza esse estará na minha lista!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.
Só avisando que responderei a todos os comentários aqui mesmo.
E se você quiser que eu visite o seu blog, por favor avise.